O espetáculo mostra esse encontro e embate entre os vícios dos filhos criados em apartamento e nas grandes capitais e um garoto criando no meio do mato e com total liberdade para brincar e ser criança. Toda estética do espetáculo é baseada no folclore nordestino maranhense com músicas características das festas de bumba meu boi.

Sinopse

A peça conta a história de uma menina (Mariana Martins), que ao ouvir a cantiga do Boi da Cara Preta que seu pai cantarola, fica muito intrigada e curiosa para conhecer este boi. Filha de Francisco (Paulo Roque) e órfã de mãe. Tecnológica e moderna no seu vocabulário ela e seu pai vão passar uns dias na fazenda o que para Rosa é um programa meio esquisito já que vive num mundo virtual paralelo.

Na fazenda conhece Antonio (João Fraga), um garoto de 12 anos que diferente de Rosa adora o campo, o verde, os bichos e adorar brincar de pés descalços. Durante as férias na fazenda, ela conhece O Boi da Cara Preta (Gabriel Jacques) com fama de malvado. Este encontro divertido se transforma em grandes surpresas e muita festa.

Ficha técnica

O Boi da cara preta

Autora: Barbara Duvivier
Direção: Daniel Dias da Silva
Direção musical: Bethi Albano
Direção e produção: Alexandre Lino
Elenco: Mariana Martins, João Fraga, Leo Campos, Gabriel Jaques, Amanda Borghetti e Paulo Roque
Iluminação: Roberto Macedo
Coordenação do projeto: Marinana Martins
Cenografia e figurinos: Karlla de Luca
Trilha sonora: Bethi Albano
Gravação e edição: Pedro Quental
Viola Caipira: Bethi Albano
Percussão: Dudu Lacerda
Vozes: Bethi Albano, Pedro Quental, João Fraga, Mariana Martins e Amanda Borghetti
Coreografias e assistente de direção: Anacleto Alves
Produção executiva: Daniel Porto e Mariana Martins
Programação visual: Guilherme Lopes Moura
Ilustração original: Cesar Marchesini
Webdesigner: Mariana Martins
Assessoria de imprensa: Gabriela Mota

Produtora associados: Mariana Martins e Alexandre Lino
Idealização e realização: CINETEATRO PRODUÇÕES

Saiba mais no site: http://oboidacarapreta.com.br